ABDIServiços Industriais

role para explorar

A taxinomia proposta neste trabalho divide os serviços da economia em 4 (quatro) grupos: dois deles de uso predominante pelo setor industrial, os serviços de custos e os serviços de valor; sendo os dois outros utilizados pela sociedade em geral, intitulados serviços tradicionais e serviços prestados às famílias, estes dois, apresentados na ferramenta como serviços diversos.

Dois pontos são importantes a realçar:

1) O primeiro deles é que a mudança de desagregação das Tabelas de Recursos e Usos das Contas Nacionais a partir de 2010 limita a elaboração de uma análise de evolução para o período integral de 2007-2014. Por essa razão, embora se tenham os resultados ano a ano, preferiu-se na análise separar o período em dois: 2007-2009 e 2010-2014.

2) O segundo destaque é que, a despeito do acordado quanto ao número de categorias de serviços em que ficaria subdividido o setor, houve uma diferença quanto à alocação de 3 tipos de serviços entre serviços de valor e serviços de custo, entre a classificação proposta pela Fundação Getulio Vargas e a avaliação da ABDI. Assim, após ampla discussão técnica, decidiu-se analisar alternativamente uma classificação que foi identificada como “Classificação FGV” em comparação à classificação principal que foi denominada “Classificação ABDI”.

A seguir estão apresentadas as duas classificações, com observações sobre os pontos de divergência.

Os Serviços de Valor, na classificação FGV estão apresentados a seguir:

• Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos;
• Intermediação financeira, seguros e previdência complementar;
• Eletricidade, gás e outras utilidades;
• Serviços de edição de livros, jornais e revistas;
• Serviços cinematográficos, música, rádio e televisão;
• Telecomunicações, TV por assinatura e outros serv. relacionados;
• Desenvolvimento de sistemas e outros serviços de informação;
• Serviços jurídicos, contabilidade e consultoria;
• Pesquisa e desenvolvimento;
• Serviços de arquitetura e engenharia;
• Aluguéis não-imobiliários e gestão de ativos de propriedade intelectual; e
• Publicidade e outros serviços técnicos.

Os Serviços de Custo na classificação adotada pela FGV, estão apresentados a seguir:

• Transporte terrestre de carga;
• Transporte terrestre de passageiros;
• Transporte aquaviário;
• Transporte aéreo;
• Armazenamento e serviços auxiliares aos transportes;
• Correio e outros serviços de entrega;
• Água, esgoto, reciclagem e gestão de resíduos;
• Serviços de alojamento em hotéis e similares;
• Outros serviços administrativos;
• Organizações patronais, sindicais e outros serviços associativos;
• Serviços de vigilância, segurança e investigação; e,
• Manutenção de computadores, telefones e objetos domésticos.

A classificação adotada pela FGV altera a composição dos serviços de custo e serviços de valor, adotados pela ABDI, da seguinte maneira: classifica como serviços de valor os seguintes elementos, que foram classificados pela ABDI como serviços de custos :

Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos – esta é uma categoria que pertencente à indústria de transformação e que segundo a “Classificação FGV” deveria pertencer ao grupo de serviços de valor, tendo em vista que seu uso contribuiria para uma maior eficiência dos bens de capital, além de que o advento da indústria 4.0 e a expansão do uso de máquinas e equipamentos cada vez mais complexos e em toda a linha de produção, tornam os serviços de manutenção, reparação e instalação extremamente estratégicos para as indústrias. No entanto, na Classificação ABDI foi considerada como serviço de custo.

Intermediação Financeira – a classificação desta categoria como serviço de valor, na avaliação da FGV, se justificaria pelo fato de, no caso brasileiro, a oferta e o acesso aos produtos financeiros envolverem tecnologia de ponta, além de possibilitar às empresas tomadoras de crédito realizar investimentos que irão modernizar sua produção. Para ABDI, trata-se de um serviço de custo.

Eletricidade, gás e outras utilidades - essa categoria, que nas Contas Nacionais, consta como uma atividade produtiva industrial, foi reclassificada nesse estudo, na visão FGV, como serviços. Sua classificação no grupo de serviços de valor se apoiaria no fato de que sua adoção estaria relacionada predominantemente à utilização de tecnologias mais intensivas em máquinas e equipamentos, e à produção de larga escala, nos chamados segmentos alto-intensivos no uso deste insumo energético. Na ótica da ABDI, trata-se de um serviço de custo.

Vale mencionar que a categoria de “Água, esgoto, reciclagem e gestão de resíduos”, que nas Contas Nacionais é tratada como produto industrial, foi reclassificada em ambas as óticas como serviço de custo.

Os Serviços Tradicionais - neste terceiro grupo, um novo grupo da classificação adotada, estão reunidos os serviços de uso difuso que são consumidos de forma generalizada por famílias, empresas e administração pública, apresentado a seguir:

• Comércio e reparação de veículos;
• Comércio por atacado e a varejo, exceto veículos automotores;
• Aluguel efetivo e serviços imobiliários;
• Aluguel imputado;
• Serviços coletivos da administração pública;
• Serviços de previdência e assistência social;
• Educação pública; e
• Saúde pública.

Os Serviços Prestados às Famílias – é também um novo grupo da classificação, reunindo os serviços consumidos predominantemente pelas famílias, conforme está apresentado a seguir:

• Condomínios e serviços para edifícios;
• Educação privada;
• Saúde privada;
• Serviços de artes, cultura, esporte e recreação;
• Serviços de alimentação;
• Serviços pessoais; e
• Serviços domésticos.

Foram considerados como serviços industriais aqueles mais importantes nas compras das empresas industriais para a realização de sua produção. Representam, durante o período 2007-2014 em torno de 80% das compras de serviços pela indústria

01. Serviços consumidos pela industria

Conheça o perfil das compras de serviços pelos diferentes ramos da indústria.

Explore os tipos de serviços ofertados ou os setores que consomem estes serviços, através da aba. Explore as opções de controle, que permitem ver o recorte de um ano, ou setor específico.

Visualizar consumo de serviços por:

Diminuiu   
<4%
+3%
+2%
+1%
 0 
-1%
-2%
-3%
>-4%
   Cresceu

02. Consumo industrial de serviços

Abaixo estão representadas as compras de serviços na economia. A industria pode ser visualizada em um maior grau de abertura pelos seus segmentos

Ano da visualização:   

03. Evolução das compras de serviços pela industria

Evolução das compras entre 2007 e 2014 pelos setores da indústria

04. Grau de Intensidade de Compras de Serviços de Valor e Desempenho Industrial

Foram classificados como intensivos em serviços de valor, os segmentos cujas compras de serviços de valor ultrapassavam a média de 14% do total das suas compras de bens e serviços.

Ano da visualização:   

Valor
Adicionado
Número de
ocupações
Produtividade per capta Remuneração média per capta
0 12 24 36

Downloads

Base de dados do uso de bens e serviços dos setores da economia, organizadas de acordo com as duas metodologias adotadas.

Consumo Intermediário.xlsx

Detalha para as 68 atividades (colunas), o valor das compras de cada um dos 128 produtos (bens e serviços), descriminados nas linhas. Assim, por ser a tabela que apresenta todo o fluxo intersetorial de compras de bens e serviços, é o foco principal do relatório de resultados, uma vez que dela se extraem informações sobre a interação de serviços e os demais setores econômicos, em especial a indústria.

Importação.xlsx

Detalha o valor da importação dos 128 produtos (bens e serviços)

Oferta.xlsx

Apresenta nas colunas a composição do valor total da oferta, segundo cada um dos 128 produtos (bens e serviços), que estão em cada linha da tabela. Os elementos que compõem a oferta são: oferta a preço básico (que é o valor da produção mais as importações); os impostos, líquidos de subsídios sobre produtos; e as margens de comércio e de transporte.

Demanda.xlsx

Apresenta nas colunas os componentes da demanda final (consumo; investimento; e exportação), segundo cada um dos 128 produtos (bens e serviços).

Produção.xlsx

Apresenta o total do valor da produção de 68 atividades econômicas, descriminado nas colunas, segundo 128 produtos (bens e serviços), descriminados nas linhas.

Valor Agregado.xlsx

Apresenta nas colunas as 68 atividades econômicas, e nas linhas, os seguintes agregados macroeconômicos: valor da produção; consumo intermediário; valor adicionado (PIB); remunerações; excedente operacional; e ocupações.

Consumo Intermediário.xlsx

Detalha para as 68 atividades (colunas), o valor das compras de cada um dos 128 produtos (bens e serviços), descriminados nas linhas. Assim, por ser a tabela que apresenta todo o fluxo intersetorial de compras de bens e serviços, é o foco principal do relatório de resultados, uma vez que dela se extraem informações sobre a interação de serviços e os demais setores econômicos, em especial a indústria.

Importação.xlsx

Detalha o valor da importação dos 128 produtos (bens e serviços)

Oferta.xlsx

Apresenta nas colunas a composição do valor total da oferta, segundo cada um dos 128 produtos (bens e serviços), que estão em cada linha da tabela. Os elementos que compõem a oferta são: oferta a preço básico (que é o valor da produção mais as importações); os impostos, líquidos de subsídios sobre produtos; e as margens de comércio e de transporte.

Demanda.xlsx

Apresenta nas colunas os componentes da demanda final (consumo; investimento; e exportação), segundo cada um dos 128 produtos (bens e serviços).

Produção.xlsx

Apresenta o total do valor da produção de 68 atividades econômicas, descriminado nas colunas, segundo 128 produtos (bens e serviços), descriminados nas linhas.

Valor Agregado.xlsx

Apresenta nas colunas as 68 atividades econômicas, e nas linhas, os seguintes agregados macroeconômicos: valor da produção; consumo intermediário; valor adicionado (PIB); remunerações; excedente operacional; e ocupações.

Exemplo de texto comum que pode conter várias linhas de uma explicação lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Officiis, assumenda.

Exemplo de um segundo parágrafo, mas com negrito.

257,5 bilhões

Em Serviços de Custo
26,5% do total de serviços

Consumo da Indústria
Em 2014

R$ 1,2 Trilhão

Por tipo

Serviço de Valor R$ 257,5 bilhões
Serviço de Custo R$ 503,1 bilhões
Serviço de Valor R$ 257,5 bilhões
Serviço de Custo R$ 503,1 bilhões
Serviço de Valor R$ 257,5 bilhões
Serviço de Custo R$ 503,1 bilhões